O Japão vai mostrar como se respeita a vida e a de seu povo.

Postado por  Fernando em 18, março, 2011  •  Comentários (44)  • 

Lembram-se da tragédia do Morro do Bumba?

A tragédia que completou 1 ano em abril desse ano é a constatação da vergonha de um Poder Público que só se importa com festas, olimpíadas e afins. Ainda há pessoas morando em construções que foram condenadas por não receberem o famigerado aluguel social que tanto prometeram, como se isso fosse resolver todos os problemas das 4 mil famílias que ficaram sem as suas casas. Só para lembrar,O desfecho trágico do Morro do Bumba foi sendo escrito, ano a ano, graças à omissão das sucessivas administrações do município que fizeram vista grossa para o crescimento da favela. Antes mesmo da retirada do lixão, algumas casas já haviam sido erguidas ali. Mas, com a Ponte Rio-Niterói, o processo de favelização ganhou impulso, avançando sobre um solo íngreme e instável de cor preta, resultado da decomposição do lixo. 

Contratado para fazer um levantamento sobre o risco de desabamento de encostas em Niterói, o Instituto de Geo-Ciências da UFF condenou a área, em 2004, num trabalho entregue ao então prefeito, Godofredo Pinto (PT).

- Isso é indesculpável. Foi omitido pela prefeitura que ali funcionara um lixão, o que é estranho. E, mesmo sem ter a informação, foi constatado que era uma área de risco. Se eu soubesse do lixão, teria dedicado um capítulo inteiro para mostrar que aquela situação era impossível - disse Adalberto da Silva, que participou do trabalho.

E pasmem!!! Ainda hoje não há ajuda concreta para as 4 mil famílias que perderam suas casas. Então, quanto tempo acham que a região serrana vai ficar esquecida?

Uma vergonha total.

O Japão vai mostrar o que é o respeito com o ser humano, com suas cidades e seu país.

 

Quem duvida que o Japão será reconstruído antes que o Rio de Janeiro (Poder Público) dê provas de respeito e amor a sua cidade e seus cidadões ?

A tragédia sem precedêntes no Japão pode ser um exemplo para esses governantes que enchem o bolso com o dinheiro público, que se lixam para os problemas que o povo enfrentam. Esses imbecis que fazem carinhas de santos diante das tragédias, mas que torcem para que o povo esqueça para que sigam em frente com suas vidas manchadas pelo descaso e indiferença diante dos problemas do Povo.

Deus abençoe do povo japones.

Deixe seu comentário aqui



Leia mais:


A industria da tragédia  (Por Sérgio Cabral e Eduardo Paes)

Fora corruptos!! E a imprensa ainda não sabe o que o povo quer!!!
O criminoso mais cínico que o Brasil já conheceu nas entranhas da política! É o alvo.
Crime brutal no Rio de Janeiro. Sérgio cabral e seus crimes de improbidade.
Eles não criaram ministérios. Formaram quadrilhas
Dilma quer o POVO farto, porém DOENTE.
STF e STJ, os principais responsáveis pela impunidade e corrupção no Brasil.
Canal absurdo: Veja em vídeos as diversas formas de protesto e denúncia.
Descoberta a farsa: Separação de Sérgio Cabral é política. Dividir para conquistar.
A insignificância do Senado e das Togas no Brasil.
Corrupção premiada no Rio de Janeiro.
A justiça está pegando uma praia no Rio de Janeiro.
Corrupção em alta no Rio de Janeiro.
Você sabe quais os programas de TV a Dilma Roussef assiste?
Um país movido a eventos.
A farsa de Sérgio Cabral está ruindo. Já são seis hospitais sob intervenção da Justiça.
O samba pede passagem entre os Hospitais em ruínas no Rio de Janeiro.
Joseph Blatter, um homem ou um rato!
O difícil e saber onde está o Brasil que eles falam que existe.
Se Cabral deu tiro em professores. E considera os médicos vagabundos. O que não fará com os bombeiros!!!
Lula e sua prática do profundo cinismo diante das câmeras do mundo.
Justiça do Rio desmoralizada enquanto o carioca espera uma resposta.
Cabral prometeu, prometeu, prometeu e prometeu!! Cadê as 40 escolar?
Cronologia da corrupção! Só no Brasil temos um estudo voltado exclusivamente para corrupção.
Lula diz que temos money para emprestar os banqueiros da Grécia, mas para a saúde!
Lula o homem do Ano. Para quem!!!!!!!!!

 



Artigos dos leitores.

Sobre nós. 

Nessa nave chamada Terra, o povo não se conforma mais em ser conduzido, ser meros passageiros. Todos, usando a tecnologia cada vez mais fácil e próxima, temos consciência de que podemos, de alguma forma fazer parte da tripulação. leia mais...